segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Médiuns Pneumatógrafos


Médiuns Pneumatógrafos


177. Essa designação corresponde aos médiuns que têm aptidão para obter a escrita directa, o que não é dado a todos os médiuns escreventes. Essa faculdade é por enquanto muito rara. Provavelmente se desenvolve por exercício. Mas, como dissemos, sua utilidade prática se limita à comprovação evidente da intervenção de uma potência oculta nas manifestações. Só a experiência pode revelar se a gente a possui. Pode-se, pois, experimentar, como se pode interrogar um Espírito protector através de outras formas de comunicação.


Segundo a maior ou menor potência do médium, obtêm-se apenas traços, sinais, letras, palavras, frases ou até mesmo páginas inteiras. Basta geralmente se colocar uma folha de papel dobrado em algum lugar, ou em lugar designado pelo Espírito, durante dez minutos, um quarto de hora ou um pouco mais. A prece e o recolhimento são condições essenciais. Eis porque podemos considerar impossível obtê-la em reuniões pouco sérias ou de pessoas que não estejam animadas de sentimentos de simpatia e benevolência. (Ver a teoria da escrita directa, Cap. VIII, Laboratório do Mundo Invisível, nº 127 e seguintes, e Cap. XII, Pneumatografia.)


Trataremos especialmente dos médiuns escreventes nos capítulos seguintes.


Referência: O livro dos médiuns

2 comentários:

Julimar Murat disse...

Oi Joana

Eu não havia entendido e fui buscar ajuda. Quer dizer que a pneumatografia não necessita do médium diretamente, somente do seu ectoplasma para realizar a comunicação, é isso?

Beijos

Julimar

joana disse...

oi Julimar!

Desculpe só responder agora,pois não tinha recebido a mensagem.

Exacto Julimar,a pneumatografia é um fenômeno muito raro.

O Espirito não precisa utilizar a mão do Médium,mas é preciso haver um Médium perto,(por vezes a pessoa nem sabe que é médium),normalmente é um Médium de efeitos fisicos e o Espirito manipula seu ectoplasma para efectuar o fenômeno.

Percebeu muito bem.

Parabéns

Beijos no seu coração.

Joana